A Clarisse
Artigos
Mídia
Galeria
Teatro
Cinema
Televisão
Direção
Coreografias
Cursos
Traduções


MENU

Algumas Críticas


As Meninas-
Lionel FIsher -

No tocante a Clarisse Abujamra (mãe de Lorena, na peça Mãezinha), estamos diante de um excepcional trabalho de atriz, tanto do ponto de visto vocal como corporal, - é impressionante a capacidade da intérprete de valorizar todas as suas falas ,assim como de cercá-las de um universo gestual de incrível expressividade.Sem dúvida,uma das performances mais marcantes da atual temporada carioca..



As Meninas
Revista Veja/ Rio/ Rafael Teixeira

O elenco coadjuvante revela brilho especial nas atuais de Clarisse Abujamra, como Mãezinha, e Sandra Pera, como uma das freiras do pensionato



Carmem com Filtro
Estado de S.Paulo. Vivien Lendo
...Simbolo da  liberdade,da sensualidade, e do fatalismo, a cigana de Sevilha,interpretada por Clarisse Abujamra,é musa inesgotável  não devendo nunca deixar de despertar paixões avassaladoras em todos os Josés.



Provocações
Diario Popular - Fausto Fuser
...Wenniger e Sergio Santos são artistas de atuação sincera,envolvente, o que torna seus trabalhos bem equilibrados,em confronto com o desempenho intenso de Clarisse Abujamra.Esta magnífica bailarina,também atriz,oferece em Provocações aspectos renovados de sua arte: interpretação dramática aliada à dança,numa atuação perfeita.
Clarisse tem,aqui, o melhor resultado de sua carreira.



Aracelli meu amor 
Teatro/Critica
O Ultimo dia De Aracelli-
...O que foi feito( texto e espetáculo) representa mesmo assim ,um momento de teatro sério.A dedicada intervenção dos intérpretes não exige observações detalhadas sobre cada trabalho( João José Pompeo,Carlos Vergueiro,Fernando Almeida,Clarisse Abujamra,Walter Steiner e Araci Balabanian).

É de justiça todavia, registrar o salto qualitativo apresentado por Clarisse Abujamra,plena de sentimentos em todas as cenas.
Desde que passou a dividir suas  atividades entre a dança,a coreografia e interpretação,esse é o seu momento mais bonito como atriz.



Os Orfãos de Janio
Teatro/Revista Visão/ Carlos Ernesto de Godoy.
...E finalmente ha uma starlet retardatária,perseguindo confusamente o brilho das noites cariocas e o mito de Leila Diniz.,uma personagem que deu certo ,pela humanidade de sua limitação,pela humildade de sua alto-análise e que ganha força no palco extraordinariamente vivida por Clarisse Abujamra em criação definitiva.



39
Teatro / Jairo Arco e Flecha
...Há ótimos momentos musicais,como o antológico, "Sumertime" lindamente interpretado por Dadá Cyrino e composições originais,cantadas por Clarisse Abujamra e Francarlos Reis- impecáveis como atores e de uma supreendente eficiência como cantores.



Agnes de Deus
Clovis Garcia/ Folha de S.Paulo
Clarisse Abujamra expressa a fragilidade,a alienação do mundo material e o trágico misticismo do personagem titulo.Três grandes atrizes em grandes interpretações,num momento excepcional do nosso teatro.



Antonio - da tua tão necessária poesia
Clarisse divide o palco com o pianista Ivan Abujamra. Um espetáculo que emociona. É imperdível.

Dizer poesia é viver mais intensamente. Não concebo a vida sem o caos, a beleza, o lirismo, a tragédia e a malícia da poesia, que é para mim o lado melhor do ser humano. (Clarisse Abujamra)
"Clarisse, linda e emocionada nos toca o coração revivendo seus Antonios em companhia de grandes poetas"
(Lauro César Muniz - Dramaturgo)

"O Espetáculo se chama Antonio, e só vi Clarisse....Clarisse amante, aprendiz, amiga, menina e sedutora".
( Ivan Feijó - Diretor)

"Fui ver Clarisse e enquanto ela fala seus poemas você pensa:
como ela sabia tanto de mim?"
(Enio Mainardi - Publicitário)

"Clarisse emociona com Antonio e nos faz ouvir a musicalidade do amor"
(Tetê Espíndola - cantora)

Teatro / Veja S.Paulo - Recomenda
Domingo é dia de almoçar mais tarde ,e em familia.
Numa ótima sacada,Clarisse Abujamra tirou da manga um recital poético de 2002 para inaugurar o horário das 13.30 do Teatro Eva Herz,na Livraria Cultura do Conjunto Nacional.

Acompanhada pelo pianista, e seu irmão  Ivan Abujamra,a atriz emociona,diverte e faz o público pensar durante sua peculiar apresentação semanal.

Dirigida pela prima Marcia Abujamra,ela alinhava palavras de Bertold Brecht, Fernando Pessoa e Arnaldo Antunes entre outros,a fragmentos auto biográficos.
Sempre viveu rodeada de Antonios.

Guiada pelo tio,o ator e diretor Antonio Abujamra,passou a entender o teatro. Apaixonou-se pelo bailarino Antonio Gades e depois se casou com o ator Antonio Fagundes, pai de  seu filho...Antonio.Personagem de si mesma num palco nu,Clarisse se despe para falar de afeto e sincera,melhora o domingo de muita gente.



Cinema

Folha de São Paulo/Anjos do Arrabalde
Critico Amir Labaki,

...O contraste entre o trabalho de Betty Faria e a composição segura e sutil de Clarisse Abujamra é fatal.



Estado de São Paulo/Anjos do Arrabalde
...As mulheres têm os melhores papéis e também as melhores interpretações,principalmente Clarisse Abujamra,que compõe um retrato pungente,assustador,de gente massacrada,sufocada e indefesa.



Trecho da cirtica de Ron Fogel em Tel Aviv sobre o filme. 
UMA DAS CENAS  MAIS LEMBRADAS  DO FILME  CHEGA DE SAUDADES, que abriu o  9 Festival de Cinema Brasileiro em Israel, é da atriz CLARISSE ABUJAMRA. Ela  não tem falas no filme, mas nos minutos em que aparece na telona, ela enche a tela com erotismo e sensualidade, com extraordinária tensão sexual que acrescenta ao filme algo noir e muito decadente.
Abujamra é a femme fatale definitiva.


 
Fragmento de Berlinale Review

Laís Bodanzky’s new film, “Como Nossos Pais” – translated into English as “Just Like Our Parents” – takes a shot at understanding these dynamics in current society by looking at the story of Rosa (Maria Ribeiro) and her family. Striving for perfection, Rosa gradually sees the structure of everything she know of and believes in start to crumble. During a seemingly harmless family lunch, her mother Clarice (Clarisse Abujamra in a fabulous performance) reveals a family secret, one that leads Rosa to question her entire existence. An avalanche of emotions ensue, and different aspects of her life enter a stage of decay. Trapped in a job she does not love, living a marriage that overburdens her, and unable to handle her own family ties, can she ever regain balance and control?





Contato


Empresário:
Marcos Montenegro
(21) 2541-7672

Permanente apoio de
Helmuth Cabeleireiros

Nome:
e-mail:
Telefone:
Mensagem:
enviar
SiteOffice© - Web Dinâmica - Vila Mariana - SP